Arquivo Djavan: sambas que encantam diferentes gerações!

Nesta semana, em homenagem feita no perfil oficial do Djavan no Facebook

https://www.facebook.com/Djavanoficial foi postada imagem rara do artista ao lado do memorável Adoniran Barbosa! A lembrança remete à participação do Djavan no álbum “Adoniran Barbosa e Convidados”, em 1980, na música “Aguenta a Mão, João”. E claro, torna-se inevitável lembrar um dos gêneros mais marcantes na obra do compositor alagoano: o samba!

Em seu primeiro projeto “A Voz e o violão”, lançado em 1976, o músico já evidenciava a sua paixão pelo samba! Neste disco estão grandes sucessos como “Flor de Lis”, “Fato Consumado”, além de outros sambas como “E que Deus Ajude” e “Pára Raio”, entre outros. “Flor de Lis” ganhou um novo arranjo em 1999, porém mantendo a ginga e o batuque que lhes deram origem!

Em 1978 um dos sambas que mais deram destaque à obra e às raízes de Djavan foi “Alagoas”.

Entre os sambas mais recentes estão “Celeuma”, e “Mundo Vasto”, de 2004, e “Delírio dos Mortais”, de 2007. Em “Rua dos Amores”, mais recente projeto do artista, a levada do samba embala as faixas “Acerto de Contas” e “Reverberou”. Ao relembrar tantas canções que têm como referência um dos gêneros que mais expressam a miscigenação cultural do Brasil dá para entender o porquê de a obra do Djavan ser tão popular e atemporal!

Relembre a vídeo aula de um dos sambas de maior sucesso do artista, Flor de Lis!

 

 

 

Confira no vídeo a coletânea de sambas do Djavan!

 

 

 

 

Comentar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS