Disco a Disco Caixa Djavan - "Milagreiro" - 2001

O primeiro álbum do século XXI "representa uma dupla volta para casa. A primeira é literal, já que este é o primeiro disco de Djavan gravado no estúdio profissional que o artista montou em sua própria residência. A segunda volta para casa é simbólica, uma volta a Alagoas. Por isso, nesse disco, há uma forte ligação com o Nordeste.", explica o jornalista Hugo Sukman.

"Foi no ano 2000 que comecei a prestar mais atenção no mercado. O disco "Ao Vivo" vendeu quatro vezes mais que o meu álbum mais vendido até então (Luz, 500 mil). As coisas começaram a acontecer entre uma gravadora, ávida por repetir aquele feito, e eu, para fugir dele. Fui saindo da Sony aos poucos. E abri a Luanda.", relembrou Djavan, no texto escrito pelo artista exclusivamente para a Caixa Djavan. "Milagreiro é um disco bem lembrado porque tem várias nuances importantes. Tem a minha nordestinidade bem presente", conta.

 
Assista a mais uma pílula da série "Disco a Disco" sobre o álbum de 2001:

 

 

Comentar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS