Languages

Music

Djavan (Oceano)

1989

About the Album

Djavan´s 1989 album is simply entitled Djavan. Nevertheless it became known as “the one with ‘Oceano’”. Not that the other tracks lack importance, much to the contrary. The CD features one of the best collections of tunes Djavan had ever put together. It´s just because “Oceano” is considered the perfect song: in form and content, music and lyrics, in its melodic and harmonious richness that doesn’t refrain from sticking into one´s ears, and its empathy with the experts and the general public.

But there’s more. There’s, for instance, a strong Spanish mood that can be heard in Paco de Lucia’s solo, the world’s greatest flamenco guitarist, on “Oceano” and in the tracks “Vida Real” and “Cigano”, a typically Djavanish pop song that was a huge success.

There is also Djavan´s return to Indian themes. In “Curumin”, he digs into the sonority of Indian music itself, but he does it more playfully this time, reproducing a dialogue between two Indian kids, played by his daughter Flavia Virginia and himself.

In “Corisco” , his first partnership with Gilberto Gil.

The album also brings Djavan´s debut with choro, a traditional style he had never ventured into before until his partnership with Nelson Motta – “Você Bem Sabe” is a modern choro with provocative lyrics partially in English.

Produced by Mazzola and recorded entirely in Brazil, it marks the Djavan´s encounter with a new generation of musicians like Celso Fonseca, Paulo Calazans, Arthur Maia, among others. The album features songs like the samba “Avião” where Djavan´s acoustic guitar, Luizão Maia´s bass, Paulo Braga´s drums and a ‘tamborim’ (small tambourine without jingles played with a stick) ensemble flood the song with swing, and love songs like “Mal de Mim” and “Mil Vezes”.

Músicas

  • 1

    Curumim

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    5:25

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Arranjo/arranged by: Djavan


    Djavan e Flávia Virginia: vocais/vocals
    Djavan: violão acústico/ acoustic guitar, violão Gibson/Gibson guitar, Baixo/bass e guitarra/guitar
    Celso Fonseca: teclado/keyboards
    Paulo Calasans: bateria (pedal)/drums
    Paulo Braga/ Marçalzinho e Geraldo Bangô: percussão/percussion

    Letra

    (Djavan)

    O que era flor
    Eu já catei pra dar
    Até meus lápis de cor
    Eu já dei
    G.I. Joe, já dei
    O que se pensar
    Eu já dei
    Minhas conchas do mar

    Ah! Minha flor
    Chega de maltratar
    O que mais pode agradar
    A você
    Eu já fiz de tudo
    Cadê que adiantou
    Que louco
    Que é o amor
    Tem graça viver
    Quando ele fica de mal
    Não quer brincar...

    Txucarramãe
    Krenacroro
    Kalapalo
    Yawalapiti - iiii - iiii

    Kamayurá
    Kayabí
    Kuikúru
    Waurà
    Suyá
    Awetí - iiii - iiii

  • 2

    Oceano

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    4:56

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Arranjo/arranged by: Djavan

    Djavan: violão/acoustic guitar
    Celso Fonseca: guitarra/eletric guitar
    Paulo Calasans e Larry Williams: teclados/keyboards
    João Baptista e Arthur Maia: baixo/bass
    Claudio Infante: bateria/drums
    Marçalzinho: Percussão/percussion
    Luiz Avelar: cordas/strings
    Participação Especial de Paco de Lucia (violão solo), gentilmente cedido pela Polygram do Brasil Ltda/ Special Participation of Paco de Lucia (solo acoustic guitar), courtesy of Polygram Internacional Music B.V
     

    Letra

    (Djavan)

    Assim
    Que o dia amanheceu
    Lá no mar alto da paixão
    Dava pra ver o tempo ruir
    Cadê você? Que solidão!
    Esquecera de mim

    Enfim
    De tudo que há na terra
    Não há nada em lugar nenhum
    Que vá crescer sem voce chegar
    Longe de ti tudo parou
    Ninguém sabe o que eu sofri
    Amar é um deserto
    E seus temores
    Vida que vai na sela
    Dessas dores
    Não sabe voltar
    Me dá teu calor

    Vem me fazer feliz
    Porque eu te amo
    Você deságua em mim
    E eu oceano
    Esqueço que amar
    É quase uma dor

    Só sei
    Viver
    Se for
    Por você

  • 3

    Corisco

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    3:40

    Autor/written by: Djavan / Gilberto Gil
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais/Gegê Prod. Art

    Djavan: arranjo de base/Rhythm section arrangement
    Djavan e Paulo Calasans: arranjo de teclados/ keyboards arrangement
    Sergio Trombone: arranjo de metais/ metals arrangement
    Djavan: violão/acoustic guitar
    Paulo Calasans: teclado/keyboards
    Artur Maia: baixo/bass
    Paulo Braga: bateria/drums
    Mauro Senise e José Carlos: Sax alto/alto saxophone e flautas/flutes
    Marcio Montarroyos e Bidinho: trompete/trumpet
    Serginho Trombone: trombone/trombone

    Letra

    Letra - Gilberto Gil
    Música - Djavan

    Na hora em que o céu se abre
    No mesmo instante um raio explode
    Concomitante um olho vê
    E a pedra do corisco pode

    Pode se tornar o que for
    E tudo o quanto é testemunha
    Pode até mesmo ser a dor
    Cravada carne pela unha

    Telefax mandei
    O mapa mundi do meu penar
    Ande, mande logo um telex
    Me confirmando quando será

    Que a necessidade de amor
    Lhe trará num raio
    A necessidade de amor
    Num dia de chuva

    E na tempestade você
    Fará com que eu saia
    No exato momento de ver
    O céu se abrir ao comando de Iansã

    Que seja o momento em que a luz
    Registre meu desejo de ver
    Você, meu amor, me traduz
    No raio de Iansã, seu poder

    Que seja pra mim, meu Xangô
    Poder correr correr meu risco
    Quiçá ver nascer uma flor
    Na lisa pedra do Corisco

    Telegrafite de Exú
    Leia no muro do seu quintal
    Pichada, fixada no azul
    A frase diz o essencial

    A necessidade de amor
    Gritando na rua
    A necessidade de amor
    Uivando pra Lua

    Um lobo faminto de amor
    A dor que acentua
    A necessidade de ver
    O céu se abrir ao comando de Iansã

  • 4

    Vida Real (Dejame Ir)

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    4:09

    Música/music: Arturo Castro
    Letra/lyric: Nelson Motta

    Arranjo/arranged by:  Djavan


    Djavan: violão/acoustic guitar
    Paulo Calasans e Larry Willians: teclados/keyboards
    João Baptista: baixo/bass
    Claudio Infante: bateria/drums
    Marçalzinho: percussão/percussion
    Paulo Moura: sax alto/ alto saxophone

    Letra

    Letra - Nelson Motta
    Música - Arturo Castro

    Quem sabe assim
    Você vai aprender que amar
    Não é brincar de amor e sofrer Faz parte do querer

    Mais uma vez
    Você só quis amar a você
    E agora compreende porque
    Amar é
    Perigoso demais

    A vida ensina
    Que não se aprende a viver
    Senão vivendo
    Entre o não e o sim

    Agora chora e a quem querias
    Não te ama e foi embora
    Seca tuas lágrimas e olha prá mim
    Me diz o que é que eu posso dizer
    Se é noite em nossa vida real
    O sonho que não teve final

  • 5

    Cigano

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    4:48

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Djavan e Paulo Calasans: arranjo de teclados/keyboards arrangement
    Djavan: violões Gibson/Gibson guitars
    Celso Fonseca: guitarras/eletric guitars e guitarras solo/solo guitars
    Sizão Machado: baixo/bass
    Téo Lima: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards

    Letra

    (Djavan)

    Te querer
    Viver mais pra ser exato
    Te seguir
    E poder chegar
    Onde tudo é só meu

    Te encontrar
    Dar a cara pro teu beijo
    Correr atrás de ti
    Feito cigano, cigano, cigano
    Me jogar sem medir

    Viajar
    Entre pernas e delícias
    Conhecer pra notícias dar
    Devassar sua vida
    Resistir
    Ao que pode o pensamento
    Saber chegar no seu melhor
    Momento, momento, momento
    Pra ficar e ficar

    Juntos, dentro, horas
    Tudo ali às claras
    Deixar crescer
    Até romper
    A manhã

    Como o mar está sereno
    Olha lá
    As gaivotas já
    Vão deixar suas ilhas
    Veja o sol
    É demais essa cidade!
    A gente vai ter um dia de calor

  • 6

    Avião

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    3:44

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Djavan: arranjo de base/Rhythm section arrangement e tamborins/tambourines
    Luiz  Avellar: arranjo de teclados/keyboards arrangement
    Djavan: violão/acoustic guitar
    Luiz Avellar: teclados/keyboards
    Luizão Maia: baixo/bass
    Paulo Braga: bateria/drums
    Rodney, Luiz Quinha, Pacheco, Lancellotti e Paulinho de Pilares: tamborins/tambourines

    Letra

    (Djavan)

    Pode quebrar
    Sofrer, cair, descer
    Contorcer de dor
    Não vou mais
    Me prender a você
    Fazer o mesmo show

    Vou bater na porta da vida
    Receber e pagar
    Sem ter que me entregar a ninguém.
    Seu muito pra mim é pouco

    Eu quero a paz
    De viver solto
    Vai dizer que sou outro
    Sou não
    Eu me cansei de ser seu avião
    Não vou voar, não
    Dessa vez...

    Pode quebrar
    Sofrer, cair, descer
    Contorcer de dor
    Não vou mais me prender a você
    Fazer o mesmo show

    Vou bater na porta da vida, receber e pagar
    Sem ter que me entregar a ninguém.
    Nem me conformar com pouco

    Eu quero a paz e viver solto
    Vai dizer que sou outro
    Sou não
    Eu me cansei de ser seu avião Não vou voar não
    Dessa vez...

    Pode quebrar
    Sofrer, cair, descer
    Contorcer de dor
    Não vou mais me prender a você
    Fazer o mesmo show

    Vou bater na porta da vida, receber e pagar
    Sem ter que me entregar a ninguém.
    Seu mundo pra mim é pouco
    Eu quero a paz e viver solto
    Vai dizer que sou outro
    Sou não
    Eu me cansei de ser seu avião
    Não vou voar não
    Dessa vez...

  • 7

    Você bem Sabe

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    3:09

    Autor/written by: Djavan / Nelson Motta
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais /Mix Criação e Produção

    Arranjo/arranged by: Djavan


    Djavan e Celso Fonseca: violão/acoustic guitar
    Paulo Calasans: teclado/keyboards
    Luiz Avellar: piano/piano
    João Baptista: baixo/bass
    Claudio Infante: bateria/drums

    Letra

    Letra - Nelson Motta
    Música - Djavan

    Você bem sabe
    Que eu não sei te dizer
    Tudo o que sinto por você
    Mas
    Você bem sabe
    Que we always lie
    But we can never say goodbye

    Você nem sabe
    Me dizer o que sentir
    No coração
    Mente sem ter razão
    Não vou fugir
    Mas não vou ficar
    Sempre loving you
    Só porque we were so happy

    Voce não quer dizer que não quer
    Mas também não diz
    Se é feliz

    E tem um novo amor
    Vai ou não vai
    Que eu vou ou não vou
    Seja como for
    Com você, sem você
    Com você, sem você
    A gente tem é que crescer

  • 8

    Mal de Mim

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    3:19

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Arranjo/arranged by: Djavan


    Jaques Morelenbaum: arranjo cellos/cellos arrangement
    Djavan: violão/acoustic guitar e violão Gibson/Gibson guitar
    Celso Fonseca: violão/acoustic guitar
    Paulo Calasans: teclado/keyboards
    Marçalzinho: percussão/percussion
    Jaques Morelenbaum: cellos/cellos

    Letra

    (Djavan)

    Eu pensei
    Que fosse coisa para um dia só
    Ficar de mal de mim
    Reagi
    Sou seu amigo e digo: como vai?
    Você fica séria
    E nem sinal
    Brigou comigo
    E a solidão servirá
    De lugar pra nós dois
    Se é amor
    Que tal agir e não radicalizar
    Sejamos mais lisos

    Pega esse meu ombro
    Rega
    Se adormecer
    Eu sei que o sono passou a perna
    Nessa distância férrea
    Que marcou

    Meu amor
    Dormir contigo é escutar Gal e Tom
    O que rolar é bom
    Passear
    Rever amigos conduzir boas novas
    Visitar a Grécia no futuro

  • 9

    Mil Vezes

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    3:46

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Arranjo de base/Rhythm section arrangement: Djavan
    Arranjo de metais/metals arrangement: Serginho Trombone
    Djavan: Violão/acoustic guitar
    Luiz Avellar: teclados/keyboards e piano/piano
    Arthur Maia: baixo/bass
    Paulo Braga: bateria/drums
    Mauro Senise e José Carlos: Sax alto/alto saxophone e flautas/flutes
    Marcio Montarroyos e Bidinho: trompete/trumpet
    Serginho trombone: trombone/trombone

    Letra

    (Djavan)

    Mil vezes te amo
    Meu bem
    Passo a vida
    A procurar você
    Não vejo graça em mais ninguém
    Saí do Leblon
    Lá pelas cinco da manhã
    Sem te ver

    Como vou ficar sem você?
    Nêgo fala
    Que é melhor abrir
    Não paro de pensar em ti
    Chego a delirar
    Louco pra te dar um alô

    Leio algo
    Mas você não passa
    Pego uma uva
    Apago a luz
    Me sinto nu
    Vou dormir
    Sem ter vontade, tarde

    Porque voce não apareceu
    Dedo de Deus
    Medo do pai
    Ai, ai, que raiva!