Languages

Viva a África!

Djavan fará quatro shows na África. Ele se apresenta pela primeira vez em Cabo Verde e Moçambique. O cantor desembarca com o novo show "Ária" na Cidade de Mindelo/Ilha de São Vicente (dia 29/06), Cidade da Praia/Ilha de Santiago (dia 01/07) e em Maputo (dias 07 e 08/07). Não será a primeira vez do artista no continente africano, país de extrema importância na formação musical e espiritual do artista."Eu sou uma pessoa do mundo, mas me sinto indubitavelmente negro em tudo. A minha música é negra, eu sou um homem negro e adoro as religiões que descendem da África", disse Djavan, em entrevista à BBC Brasil há quatro anos atrás.
"Eu fui criado sob a cultura negra, tenho total a coisa do sangue negro, da veia negra na minha vida", contou o artista, que foi criado pela mãe – "uma negra linda com a cultura africana no sangue".

Identificação com a África
O artista acredita que suas raízes africanas expliquem seus talentos musicais e o sentimento de identificação que teve nas viagens que fez pelo continente.

"Na primeira vez que eu fui à África, em 81, tomei o maior susto, quando eu pude identificar ali a raiz da minha música, porque eu tenho uma música que no início da minha carreira era muito contestada por muita gente. Diziam que era uma coisa estranha, que não tinha nem pé nem cabeça, que a minha divisão rítmica era uma coisa estranha e tal."

"Cheguei em Angola e pude ver nitidamente onde estava a raiz disso tudo", completou Djavan, que também contou ter ficado muito à vontade na Argélia. "Então a minha identificação com a África é muito grande. Pela religião, cultura, música, a comida também."

Add new comment

ÚLTIMAS NOTÍCIAS