Languages

Disco a Disco Caixa Djavan - "Não é Azul mas é Mar" - 1987

"É um disco muito interessante, eu gosto muito! Tem músicas lindas... 'O Bouquet', por exemplo, é uma música que tem uma poesia muito bacana e tem o piano do George Duke, que é espetacular, antológico", conta Djavan, sobre o oitavo álbum da sua carreira. Sukman ressalta que "Não é Azul mas é Mar" é um disco que "esteticamente situa-se num meio termo entre os outros dois anteriores, nem tão soul quanto 'Luz', nem tão eletrônico quanto 'Lilás'.".

Neste disco, "a dolorosa resistência sul-africana contra o apartheid não apenas abre os trabalhos na poderosa balada “Soweto”, como desta vez, de forma direta, crua, transforma o sofrimento em lição para todo o mundo. Como suas próprias músicas e carreira o levaram para o mundo, em “Soweto” o artista globaliza a temática de suas canções. Essa foi, certamente, a primeira “canção de protesto” de Djavan.", afirma Sukman.

Assista a mais uma pílula da série "Disco A Disco", para saber mais sobre o trabalho lançado pelo artista em 1989!

 

 

Add new comment

ÚLTIMAS NOTÍCIAS