Música

Milagreiro ao vivo

2002

Sobre o DVD

Epic / Sony Music

As apresentações que o alagoano fez no Credicard Hall foram registradas pelo diretor Bernardo Palmeiro; além dos shows em SP, Djavan incluiu no pacote cenas gravadas em Angola e trechos de um show na Fundição Progresso (RJ). Além das faixas do álbum Milagreiro, vários sucessos da carreira de Djavan estão no repertório deste DVD.

Músicas

  • 1

    Ladeirinha

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Quase à noitinha ela desce
    A ladeirinha que faz
    Lado com o meu quintal
    Os seus passos ágeis livres
    Trazem o amor ideal

    Feito de laço posse viço
    Vertical na dor e um sol
    Todo tempo a brilhar
    Pelos rios matas virgens desse seu corpo
    Que eu desejo amar

    O dia é vago quando eu não a flagro a sorrir para mim
    Posso ver imagens no nada
    Duendes no edredon
    E é só dormir pra ouvir em qualquer lugar
    Sirenes no ar
    Ressaltando você

    O dia nasce e você já envolta num véu
    Traz a luz
    Flores se esgarçam num bailado em busca de atenção
    Mais nada existe enquanto a vejo passar
    O que é seu andar
    Que ventura esse chão

    Tudo mais é puro alvoroço
    Que a imagem de um colosso
    Provoca dia a dia

  • 2

    Boa Noite

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Meu ar de dominador
    Dizia que eu ia ser seu dono
    E nessa eu dancei!
    Hoje no universo
    Nada que brilha cega mais que seu nome
    Fiquei mudo ao lhe conhecer
    O que vi foi demais, vazou
    Por toda selva do meu ser
    Nada ficou intacto
    Na fronteira de um oásis
    Meu coração em paz, se abalou
    É surpresa demais que trazes
    'Inda bem que eu sou Flamengo
    Mesmo quando ele não vai bem
    Algo me diz em rubro-negro
    Que o sofrimento leva além
    Não existe amor sem medo
    Boa noite!
    Quem não tem pra quem se dar
    O dia é igual à noite
    Tempo parado no ar, há dias
    Calor, insônia , oh! noite
    Quem ama vive a sonhar de dia
    Voar é do homem
    Vida foi feita pra estar em dia
    Com a fome, com a fome, com a fome
    Se vens lá das alturas com agruras ou paz
    Oh, meu bem, serei seu guia na terra
    Na guerra ou no sossego sua beleza é o cais
    E eu sou o homem
    Que pode lhe dar, além de calor, fidelidade
    Minha vida por inteiro eu lhe dou

  • 3

    Água de Lua

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Faca de ponta, peixeira
    Pau na moleira, espingarda
    Cano comprido estampido no ar
    Clarão da espada afiada
    A morte um dia há de chegar

    Fogo cuspiu, labareda
    Flora no mato, vereda
    Prata boiando nas águas do luar
    Clarão da espada afiada
    A morte um dia há de chegar

    Eu me criei no molhado
    Areia e pedras do lado
    Berço de uma sereia

  • 4

    Se...

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Você disse que não sabe se não
    Mas também não tem certeza que sim
    Quer saber?
    Quando é assim
    Deixa vir do coração
    Você sabe que eu só penso em você
    Você diz que vive pensando em mim
    Pode ser
    Se é assim
    Você tem que largar a mão do não
    Soltar essa louca, arder de paixão
    Não há como doer pra decidir
    Só dizer sim ou não
    Mas você adora um se...

    Eu levo a sério, mas você disfarça
    Você me diz à beça e eu nessa de horror
    E me remete ao frio que vem lá do sul
    Insiste em zero a zero e eu quero um a um
    Sei lá o que te dá que não quer meu calor
    São jorge por favor me empresta o dragão
    Mais fácil aprender japonês em braile
    Do que você decidir se dá ou não

  • 5

    OM

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Eu já nem sei quem sou
    Tão dedicado a ti, um cobertor pro frio.
    Queria ser teu "Om" viver grudado sim, sempre ali, sempre ali
    Não sou nada indelével, sou instável como a cidade
    Mas carrego pau e pedra só para ver-te mais à vontade

    Sem o mar a cobrir-te de sombras ou cores
    Livre pra amores desses que vêm e vão
    Sob o bronze da noite onde o mais são estrelas
    Todas ali para vê-la como fazer com os homens
    Ah! você que nasceu com o leito pro rio
    Que desafio querer-te acompanhar!

  • 6

    Linha do Equador

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Luz das estrelas
    Laço do infinito
    Gosto tanto dela assim
    Rosa amarela
    Voz de todo grito
    Gosto tanto dela assim

    Esse imenso, desmedido amor
    Vai além de seja o que for
    Vai além de onde eu vou
    Do que sou, minha dor
    Minha Linha do Equador
    Esse imenso, desmedido amor
    Vai além que seja o que for
    Passa mais além do

    Céu de Brasília
    Traço do arquiteto
    Gosto tanto dela assim
    Gosto de filha música de preto
    Gosto tanto dela assim

    Essa desmesura de paixão
    É loucura de coração
    Minha Foz do Iguaçu
    Pólo Sul, meu azul
    Luz do sentimento nu

    Esse imenso, desmedido amor
    Vai além que seja o que for
    Vai além de onde eu vou
    Do que sou, minha dor
    Minha Linha do Equador

    Mas é doce morrer nesse mar de lembrar
    E nunca esquecer
    Se eu tivesse mais alma pra dar
    Eu daria, isso pra mim é viver

  • 7

    Infinito

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Tô perdido por alguém
    Não consigo ver nada além
    Do que eu digo nada sei
    Compreender o amor
    Não é de hoje
    Já vai longe
    E nem sinal
    Hoje
    Estou longe
    Preso a você
    Livre na prisão
    Sem castigo
    Faz chorar
    Distraído rói devagar
    É pedindo que Deus dá
    Por falar no amor
    Acho que vou buscar
    Viver por você
    Ou me acabar
    Quem mandou me acorrentar
    Fazer-me refém
    Nas grades do amor
    Te vejo lá no luar
    Te espero lá no sol.

  • 8

    Flor de Lis

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Valei-me Deus
    é o fim do nosso amor
    Perdoa por favor
    eu sei que o erro aconteceu
    Mas não sei o que
    fez tudo mudar de vez
    Onde foi que eu errei
    Eu só sei que amei, que amei, que amei, que amei
    Será, talvez
    que minha ilusão
    Foi dar meu coração
    com toda força pra essa moça
    me fazer feliz
    E o destino não quis
    Me ver como raiz
    de uma flor de lis
    E foi assim que eu vi
    nosso amor na poeira, poeira
    Morto na beleza fria de Maria

    E o meu jardim da vida ressecou, morreu
    Do pé que brotou Maria
    Nem margarida nasceu

  • 9

    Numa esquina de Hanói

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Um é par de dois
    Quer ver, verás
    Irei a ti pra viver
    Depois morrer de paz ou não...
    Quem sabe saberá?
    Ficarei sabedor
    Se você temperou no sal
    Ou se salobro nós
    Me atiro cívico
    Aos meus amigos-de-varar-a-noite
    Trazás, nó-cego, dirás
    E eu rirei pecador
    No que você corará mais
    E de cor entregarás
    A minha alma viva
    E depenada para o satanás
    Que enfim, quiçá, lhe trai
    Indiferente a mim
    Que não lhe significa nada mais
    Do que um lobo atroz
    Perdido numa esquina de Hanói
    Perdido numa esquina de Hanói

  • 10

    Oceano

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Assim
    Que o dia amanheceu
    Lá no mar alto da paixão,
    Dava prá ver o tempo ruir
    Cadê você?
    Que solidão!
    Esquecera de mim?

    Enfim,
    De tudo o que
    Há na terra
    Não há nada em lugar
    Nenhum!
    Que vá crescer
    Sem você chegar
    Longe de ti
    Tudo parou
    Ninguém sabe
    O que eu sofri...

    Amar é um deserto
    E seus temores
    Vida que vai na sela
    Dessas dores
    Não sabe voltar
    Me dá teu calor...

    Vem me fazer feliz
    Porque eu te amo
    Você deságua em mim
    E eu oceano
    E esqueço que amar
    É quase uma dor...

    Só sei viver
    Se for por você!

  • 11

    A Rota do Indivíduo

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Mera luz que invade a tarde cinzenta
    E algumas folhas deitam sobre a estrada
    O frio é o agasalho que esquenta
    O coração gelado quando venta
    Movendo a água abandonada
    Restos de sonhos sobre um novo dia
    Amores nos vagões, vagões nos trilhos
    Parece que quem parte é a ferrovia
    Que mesmo não te vendo te vigia
    Como mãe, como mãe que dorme olhando os filhos
    Com os olhos na estrada
    E no mistério solitário da penugem
    Vê-se a vida correndo, parada
    Como se não existisse chegada
    na tarde distante, ferrugem ou nada.

  • 12

    Mal de Mim

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Eu pensei
    que fosse coisa para um dia só
    Ficar de mal de mim
    Reagi
    Sou seu amigo e digo "Como vai?"

    Você fica séria e nem sinal
    Brigou comigo e a solidão servirá
    De lugar pra nós dois

    Se é amor, que tal agir e não radicalizar?
    Sejamos mais lisos

    Pega esse meu ombro
    Rega, se adormecer eu sei que o sono passou a perna
    Nessa distância férrea
    que marcou o meu amor

    Dormir contigo é escutar Gal e Tom
    O que rolar é bom
    Passear, rever amigos, conduzir boas novas
    Visitar a Grécia no futuro

  • 13

    Cair em Si

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Às vezes parece um tambor,
    Mas não é tambor nem nada, é o coração
    Que fica entre a paz e o terror
    Quando vejo a sua cara
    Entre as caras da multidão

    Logo fico cansado
    Como se tivesse estado a correr
    Num segundo já me sinto
    Sem uma gota de sangue
    Mal consigo respirar, sobreviver

    Só Deus sabe o saldo
    Creditado ao amor que lhe dou
    Se terei sono tranqüilo ou vida sobressaltada
    Não sei nada, não sei nada.

    Olhar pro sol, vencer o mar,
    Admitir, brigar com o par.. Isso é nada!
    Não ter você, cair em si,
    Morrer de amor não é o fim mas me acaba..

  • 14

    Meu

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Você sabe fazer
    Tudo o que faz
    Nada existe em você
    Que eu não goste demais
    Quando você diz
    Me apaixonei por você, "meu"
    Faz a cara feliz
    De quem sabe o que é seu
    Eu nunca vi nada assim "ô loco"!!!
    É como faz o amor
    Pra se proteger
    Dá um "zignal" na dor
    É vetado sofrer
    Discordar, discutir
    Nada é mais saudável, não, não, não
    Um olhar neném de ser
    Logo fecha a questão
    Eu nunca vi nada assim "ô loco"
    Ar, só com você
    Mar, com você qualquer fundura dá
    Tudo é tão meu
    Quando você vem se chegando,
    De um modo só seu

  • 15

    Milagreiro

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Agora vamos ter os girassóis
    Do fim do ano
    E o calor vem desumano
    Tudo irá se expandir
    Crescer com as águas
    Quiçá, amores nos corações
    E um santeiro,
    Milagreiro
    Prevê a dor
    De terceiros
    E diz que a vida
    É feita de ilusão
    E um santeiro,
    Milagreiro
    Prevê a dor
    De terceiros
    E diz que a vida
    É feita de ilusão
    Aquela que um dia o fez sonhar
    Se foi com outro
    No dia em que os dois
    Se casariam por amor
    Ele aluou
    Hoje o seu pesar
    Cintila nos varais
    Usou as sete vidas
    E não foi feliz jamais
    Toda a imensidão
    Passou pela vida
    E foi cair na solidão
    Mais um santo para esculpir é o que lhe vale
    Pra evitar que o rancor suas ervas espalhe

  • 16

    Imagina

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Imagina
    Imagina
    Hoje à noite
    A gente se perder
    Imagina
    Imagina
    Hoje à noite
    A lua se apagar
    Quem já viu a lua gris
    Quando a lua começa a murchar
    Lua gris
    É preciso gritar e correr, socorrer o luar
    Meu amor
    Abre a porta pra noite passar
    E olha o sol
    Da manhã
    Olha a chuva
    Olha a chuva, olha o sol, olha o dia a lançar
    Serpentinas
    Serpentinas pelo céu
    Sete fitas
    Coloridas
    Sete vias
    Sete vidas
    Avenidas
    Pra qualquer lugar
    Imagina
    Imagina

    Sabe que o menino que passar debaixo do arco-íris vira moça,
    vira
    A menina que cruzar de volta o arco-íris rapidinho volta a ser
    rapaz
    A menina que passou no arco era o
    Menino que passou no arco
    E vai virar menina
    Imagina
    Imagina
    Imagina
    Imagina
    Imagina
    Hoje à noite
    A gente se perder
    Imagina
    Imagina
    Hoje à noite
    A lua se apagar

  • 17

    Pétala

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    O seu amor
    Reluz
    Que nem riqueza
    Asa do meu destino
    Clareza do tino
    Pétala
    De estrela caindo
    Bem devagar...

    Oh! meu amor!
    Viver
    É todo sacrifício
    Feito em seu nome
    Quanto mais desejo
    Um beijo, um beijo seu
    Muito mais eu vejo
    Gosto em viver
    Viver!

    Por ser exato
    O amor não cabe em si
    Por ser encantado
    O amor revela-se
    Por ser amor
    Invade
    E fim!!...(3x)

  • 18

    Acelerou

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Ando tão perdido em meus pensamentos
    Longe já se vão os meus dias de paz
    Hoje com a lua clara brilhando
    Vejo que o que sinto por ti é mais

    Quando te vi, aquilo era quase o amor
    Você me acelerou, acelerou, me deixou desigual
    Chegou pra mim, me deu um daqueles sinais
    Depois desacelerou e eu fiquei muito mais

    Sempre esperarei por ti, chegue quando
    Sonho em teus braços dormir, desçansar
    Venha e a vida pra você será boa
    Cedo que é pra gente se amar a mais

    Muito mais perdido, quase um cara vencido
    À mercê de amigo ou coisa que o valha
    Você me enlouquece, você bem que merece
    'inda me aparece de minissaia

    Sério, o que eu vou fazer, eu te amo
    Nada do que é você em mim se desfaz
    Mesmo sem saber o teu sobrenome
    Creio que te amar é pra sempre mais

  • 19

    Eu Te Devoro

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Teus sinais
    Me confundem
    Da cabeça aos pés
    Mas por dentro
    Eu te devoro,
    Teu olhar
    Não me diz exato
    Quem tu és
    Mesmo assim
    Eu te devoro...

    Te devoraria
    A qualquer preço,
    Porque te ignoro,
    Te conheço,
    Quando chove ou
    Quando faz frio,
    Noutro plano
    Te devoraria
    Tal Caetano
    A Leonardo DiCaprio...

    É um milagre,
    Tudo que Deus criou
    Pensando em você,
    Fez a via-láctea
    Fez os Dinossauros,
    Sem pensar em nada
    Fez a minha vida
    E te deu,
    Sem contar os dias
    Que me faz morrer,
    Sem saber de ti
    Jogado à Solidão,
    Mas se quer saber
    Se eu quero outra vida
    Não! Não!

    (Repetir a letra)

    Eu quero mesmo é viver
    Pra esperar, esperar
    Devorar você...(2x)

    Viver, viver
    Pra esperar você,
    Quero viver
    Pra esperar você,
    Quero esperar você...

  • 20

    Farinha

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    A farinha é feita de uma planta da família das
    euforbiáceas, euforbiáceas
    de nome manihot utilissima que um tio meu apelidou de macaxeira
    e foi aí que todo mundo achou melhor!...
    a farinha tá no sangue do nordestino
    eu já sei desde menino o que ela pode dar
    e tem da grossa, tem da fina se não tem da quebradinha
    vou na vizinha pegar pra fazer pirão ou mingau
    farinha com feijão é animal!
    o cabra que não tem eira nem beira
    lá no fundo do quintal tem um pé de macaxeira
    a macaxeira é popular é macaxeira pr`ali, macaxeira pra cá
    e em tudo que é farinhada a macaxeira tá
    você não sabe o que é farinha boa
    Farinha é a que a mãe me manda lá de Alagoas

  • 21

    Lilás

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Amanhã
    Outro dia
    Lua sai
    Ventania abraça
    Uma nuvem que passa no ar
    Beija
    Brinca
    E deixa passar
    E no ar
    De outro dia
    Meu olhar

    Surgia nas pontas
    De estrelas perdidas no mar
    Pra chover de emoção
    Trovejar...
    Raio se libertou
    Clareou
    Muito mais
    Se encantou
    Pela cor lilás
    Prata na luz do amor
    Céu azul
    Eu quero ver
    O pôr do sol
    Lindo como ele só
    E gente pra ver
    E viajar
    No seu mar
    De raio.

  • 22

    Nem Um Dia

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Um dia frio
    Um bom lugar prá ler um livro
    E o pensamento lá em você
    Eu sem você não vivo
    Um dia triste
    Toda fragilidade incide
    E o pensamento lá em você
    E tudo me divide (bis)

    Longe da felicidade e todas as suas luzes
    Te desejo como ao ar
    Mais que tudo
    És manhã na natureza das flores

    Mesmo por toda riqueza dos sheiks árabes
    Não te esquecerei um dia
    Nem um dia
    Espero com a força do pensamento
    Recriar a luz que me trará você

    E tudo nascerá mais belo
    O verde faz do azul com o amarelo
    O elo com todas as cores
    Pra enfeitar amores gris(bis)


    Um dia frio
    Um bom lugar prá ler um livro
    E o pensamento lá em você
    Eu sem você não vivo
    Um dia triste
    Toda fragilidade incide
    E o pensamento lá em você
    E tudo me divide

    Mesmo por toda riqueza dos sheiks árabes
    Não te esquecerei um dia
    Nem um dia
    Espero com a força do pensamento
    Recriar a luz que me trará você

    E tudo nascerá mais belo
    O verde faz do azul com o amarelo
    O elo com todas as cores
    Pra enfeitar amores gris(bis)

  • 23

    Sina

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Letra

    Pai e mãe, ouro de mina
    Coração, desejo e sina
    Tudo mais, pura rotina, jazz
    Tocarei seu nome pra poder falar de amor

    Minha princesa, art-nouveau
    Da natureza, tudo o mais
    Pura beleza, jazz

    A luz de um grande prazer é irremediável neon
    Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon

    O luar, estrela do mar
    O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria
    Desse front virá lapidar
    O sonho até gerar o som
    Como querer caetanear o que há de bom