Música

Djavan Ao Vivo Vol 2

1999

Sobre o Álbum

Em seu primeiro trabalho ao vivo em mais de 30 anos de carreira, Djavan não se conteve e foi para o estúdio lançar duas novas canções. E mesmo com todos os sucessos registrados pela primeira vez na presença do público, quem puxou o mega-sucesso do disco foi uma das novas canções, “Acelerou”, uma música rápida, agitada e suingada.

Outra canção inédita que faz sucesso nesse álbum é a balada lenta e blueseada, “Um amor puro”.

Em “Djavan ao vivo”, o seu fiel público ganhou outro presente, a interpretação de Djavan para um de seus maiores sucessos como compositor, “Azul”, lançada por Gal Costa em 1982.

O CD duplo com 22 sucessos vendeu dois milhões de exemplares e sua turnê de lançamento durou quase três anos, permitindo a Djavan virar o século no auge do sucesso.

Hugo Sukman

Músicas

  • 1

    Faltando um Pedaço

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan 

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals 

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars, vocais/vocals 

    André Vasconcellos:contrabaixo/contrabass e vocais/vocals 

    Carlos Bala: bateria/drums 

    Paulo Calasans: teclados/keyboards 

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals 

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals 

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    O amor é um grande laço
    Um passo pr'uma armadilha
    Um lobo correndo em círculo
    Pra alimentar a matilha
    Comparo sua chegada
    Com a fuga de uma ilha
    Tanto engorda quanto mata
    Feito desgosto de filha

    O amor é como um raio
    Galopando em desafio
    Abre fendas, cobre vales
    Revolta as águas dos rios
    Quem tentar seguir seu rastro
    Se perderá no caminho
    Na pureza de um limão
    Ou na solidão do espinho

    O amor e a agonia
    Cerraram fogo no espaço
    Brigando horas a fio
    O cio vence o cansaço
    E o coração de quem ama
    Fica faltando um pedaço
    Que nem a lua minguando
    Que nem o meu nos seus braços

  • 2

    Esquinas

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan 

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais 

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals 

    Max Viana:guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals 

    Carlos Bala: bateria/drums 

    Paulo Calasans: teclados/keyboards 

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals 

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals 

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Só eu sei
    As esquinas por que passei
    Só eu sei, só eu sei
    Sabe lá o que é não ter e ter que ter pra dar
    Sabe lá
    Sabe lá

    E quem será
    Nos arredores do amor
    Que vai saber reparar
    Que o dia nasceu

    Só eu sei
    Os desertos que atravessei
    Só eu sei
    Só eu sei

    Sabe lá
    O que é morrer de sede
    Em frente ao mar
    Sabe lá
    Sabe lá

    E quem será
    Na correnteza do amor
    Que vai saber se guiar

    A nave em breve
    Ao vento vaga
    De leve e traz
    Toda a paz
    Que um dia
    O desejo levou

    Só eu sei
    As esquinas
    Por que passei
    Só eu sei
    Só eu sei

  • 3

    Eu te devoro

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan 

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais 

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals 

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals 

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals 

    Carlos Bala:  bateria/drums 

    Paulo Calasans: teclados/keyboards 

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals 

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals 

    François de Lima:  trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Teus sinais
    Me confundem da cabeça aos pés
    Mas por dentro eu te devoro
    Teu olhar
    Não me diz exato quem tu és
    Mesmo assim eu te devoro

    Te devoraria a qualquer preço
    Porque te ignoro ou te conheço
    Quando chove ou quando faz frio
    Noutro plano
    Te devoraria tal Caetano
    A Leonardo DiCaprio

    É um milagre
    Tudo que Deus criou Pensando em você
    Fez a via-láctea
    Fez os dinossauros
    Sem pensar em nada
    Fez a minha vida
    E te deu

    Sem contar os dias
    Que me faz morrer
    Sem saber de ti
    Jogado à solidão
    Mas se quer saber
    Se eu quero outra vida
    Não, não

    Eu quero mesmo é viver
    Pra esperar, esperar
    Devorar você

  • 4

    Seduzir

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by:Djavan

     

    Editora/publisher:Luanda Edições Musicais

     

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana:  guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala:bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Cantar
    É mover o dom
    Do fundo de uma paixão
    Seduzir
    As pedras, catedrais, coração

    Amar
    É perder o tom
    Nas comas da ilusão
    Revelar todo o sentido

    Vou andar, vou voar
    Pra ver o mundo
    Nem que eu bebesse o mar
    Encheria o que eu tenho de fundo

    Vou andar, vou voar
    Pra ver o mundo
    Nem que eu bebesse o mar
    Encheria o que eu tenho de fundo
    Encheria o que eu tenho de fundo

  • 5

    Se

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan 

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais 


    Voz:Djavan
    Vocais: Cecília Syper, Beth Bruno e Flávia Virgínia

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals 

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals 

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals 

    Carlos Bala: bateria/drums 

    Cecília Spyer, Beth Bruno e Flavia Virginia: Vocais/vocals 

    Paulo Calasans: teclados/keyboards 

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals 

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals 

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Você disse que não sabe se não
    Mas também não tem certeza que sim
    Quer saber?
    Quando é assim
    Deixa vir do coração

    Você sabe que eu só penso em você
    Você diz que vive pensando em mim
    Pode ser
    Se é assim

    Você tem que largar a mão do não
    Soltar essa louca, arder de paixão
    Não há como doer pra decidir
    Só dizer sim ou não
    Mas você adora um se...

    Eu levo a sério mas você disfarça
    Você me diz à beça e eu nessa de horror
    E me remete ao frio que vem lá do sul
    Insiste em zero a zero e eu quero um a um

    Sei lá o que te dá, não quer meu calor
    São Jorge por favor me empresta o dragão
    Mais fácil aprender japonês em braile
    Do que você decidir se dá ou não.

  • 6

    A Carta

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan / Gabriel, O Pensador

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais / Hip Hop

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan/Gabriel O Pensador)

    Não vá levar tudo tão a sério
    Sentindo que dá, deixa correr
    Se souber confiar no seu critério
    Nada a temer

    Não vá levar tudo tão na boa
    Brigue para obter o melhor
    Se errar por amor Deus abençoa
    Seja você

    No que sua crença vacilou
    A flor da dúvida se abriu
    Vou ler a carta que o Biel mandou
    Pra você, lá do Brasil:

    "Eles me disseram tanta asneira, disseram só besteira
    Feito todo mundo diz
    Eles me disseram que a coleira e um prato de ração
    Era tudo o que um cão sempre quis
    Eles me trouxeram a ratoeira com um queijo de primeira
    Que me, que me pegou pelo nariz
    Me deram uma gaiola como casa, amarraram minhas asas
    E disseram para eu ser feliz
    Mas como eu posso ser feliz num poleiro?
    Como eu posso ser feliz sem pular?
    Mas como eu posso ser feliz num viveiro,
    Se ninguém pode ser feliz sem voar?
    Ah, segurei o meu pranto para transformar em canto
    E para meu espanto minha voz desfez os nós
    Que me apertavam tanto
    E já sem a corda no pescoço, sem as grades na janela
    E sem o peso das algemas na mão
    Eu encontrei a chave dessa cela
    Devorei o meu problema e engoli a solução
    Ah, se todo o mundo pudesse saber
    Como é fácil viver fora dessa prisão
    E descobrisse que a tristeza tem fim
    E a felicidade pode ser simples como um aperto de mão
    Entendeu?

    É esse o vírus que eu sugiro que você contraia
    Na procura pela cura da loucura
    Quem tiver cabeça dura vai morrer na praia."

  • 7

    Boa Noite

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais


    Voz:Djavan
    Vocais: Cecília Syper, Beth Bruno e Flávia Virgínia

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Cecília Spyer, Beth Bruno e Flavia Virginia: Vocais/vocals

     

    Paulo Calasans:  teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Meu ar de dominador
    Dizia que eu ia ser seu dono
    E nessa eu dancei!
    Hoje no universo
    Nada que brilha cega mais que seu nome

    Fiquei mudo ao lhe conhecer
    O que vi foi demais, vazou
    Por toda selva do meu ser
    Nada ficou intacto

    Na fronteira de um oásis
    Meu coração em paz, se abalou
    É surpresa demais que trazes
    'Inda bem que eu sou Flamengo

    Mesmo quando ele não vai bem
    Algo me diz em rubro-negro
    Que o sofrimento leva além
    Não existe amor sem medo
    Boa noite!

    Quem não tem pra quem se dar
    O dia é igual à noite
    Tempo parado no ar, há dias
    Calor, insônia
    Ô noite!

    Quem ama vive a sonhar de dia
    Voar é do homem
    Vida foi feita pra estar em dia
    Com a fome, com a fome, com a fome

    Se vens lá das alturas
    Com agruras ou paz
    Oh, meu bem, serei seu guia na terra
    Na guerra ou no sossego
    Sua beleza é o cais
    E eu sou o homem
    Que pode lhe dar, além de calor, fidelidade

    Minha vida por inteiro eu lhe dou
    Minha vida por inteiro eu lhe dou
    Minha vida por inteiro eu lhe dou

  • 8

    Sina

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    Voz:Djavan
    Vocais: Cecília Syper, Beth Bruno e Flávia Virgínia

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans:  teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Pai e mãe
    Ouro de mina
    Coração, desejo e sina
    Tudo mais, pura rotina
    Jazz...

    Tocarei seu nome prá poder falar de amor
    Minha princesa, art-nouveau
    Da natureza, tudo o mais
    Pura beleza
    Jazz...

    A luz de um grande prazer
    É irremediável neon
    Quando o grito do prazer açoitar o ar
    Reveillon...

    O luar
    Estrela do mar
    O sol e o dom
    Quiçá um dia
    A fúria
    Desse front
    Virá
    Lapidar o sonho
    Até gerar o som
    Como querer
    Caetanear
    O que há de bom

  • 9

    Pétala

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    O seu amor
    Reluz
    Que nem riqueza
    Asa do meu destino

    Clareza do tino
    Pétala
    De estrela caindo
    Bem devagar

    Oh, meu amor
    Viver
    É todo sacrifício
    Feito em seu nome

    Quanto mais desejo
    Um beijo, um beijo seu
    Muito mais eu vejo
    Gosto em viver, viver...

    Por ser exato
    O amor não cabe em si
    Por ser encantado
    O amor revela-se
    Por ser amor
    Invade
    E fim

  • 10

    Lilás

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana:guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil:  trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Amanhã
    Outro dia
    Lua sai
    Ventania
    Abraça
    Uma nuvem que passa no ar
    Beija
    Brinca
    E deixa passar

    E no ar
    De outro dia
    Meu olhar
    Surgia nas pontas
    De estrelas perdidas no mar
    Pra chover de emoção
    Trovejar...

    Raio se libertou
    Clareou
    Muito mais
    Se encantou
    Pela cor lilás
    Prata na luz do amor
    Céu azul

    Eu quero ver
    O pôr do sol
    Lindo como ele só E gente pra ver
    E viajar
    No seu mar
    De raio

  • 11

    Acelerou

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Ando tão perdido em meus pensamentos
    Longe já se vão os meus dias de paz
    Hoje com a lua clara brilhando
    Vejo que o que sinto por ti é mais

    Quando te vi
    Aquilo era quase o amor
    Você me acelerou, acelerou
    Me deixou desigual

    Chegou pra mim
    Me deu um daqueles sinais
    Depois desacelerou
    E eu fiquei muito mais

    Sempre esperarei por ti
    Chegue quand
    Sonho em teus braços
    Dormir, descansar
    Venha e a vida pra você será boa
    Cedo que é pra gente se amar a mais

    Quando te vi
    Aquilo era quase o amor
    Você me acelerou, acelerou
    Me deixou desigual

    Chegou pra mim
    Me deu um daqueles sinais
    Depois desacelerou
    E eu fiquei muito mais

    Muito mais perdido
    Quase um cara vencido
    À mercê de amigo
    Ou coisa que o valha

    Você me enlouquece
    Você bem que merece
    'Inda me aparece
    De minissaia

    Sério, o que eu vou fazer, eu te amo
    Nada do que é você em mim se desfaz
    Mesmo sem saber o teu sobrenome
    Creio que te amar é pra sempre mais

    Quando te vi
    Aquilo era quase o amor...

  • 12

    Um Amor Puro

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    O que há dentro do meu coração
    Eu tenho guardado pra te dar
    E todas as horas que o tempo
    Tem pra me conceder
    São tuas até morrer

    E a tua estória, eu não sei
    Mas me diga só o que for bom
    Um amor tão puro que ainda nem sabe
    A força que tem
    É teu e de mais ninguém

    Te adoro em tudo, tudo, tudo
    Quero mais que tudo, tudo, tudo
    Te amar sem limites
    Viver uma grande estória

    Aqui ou noutro lugar
    Que pode ser feio ou bonito
    Se nós estivermos juntos
    Haverá um céu azul

    Um amor puro
    Não sabe a força que tem
    Meu amor eu juro
    Ser teu e de mais ninguém
    Um amor puro...