Música

Djavan Ao Vivo Vol 1

1999

Sobre o Álbum

Em seu primeiro trabalho ao vivo em mais de 30 anos de carreira, Djavan não se conteve e foi para o estúdio lançar duas novas canções. E mesmo com todos os sucessos registrados pela primeira vez na presença do público, quem puxou o mega-sucesso do disco foi uma das novas canções, “Acelerou”, uma música rápida, agitada e suingada.

Outra canção inédita que faz sucesso nesse álbum é a balada lenta e blueseada, “Um amor puro”.

Em “Djavan ao vivo”, o seu fiel público ganhou outro presente, a interpretação de Djavan para um de seus maiores sucessos como compositor, “Azul”, lançada por Gal Costa em 1982.

O CD duplo com 22 sucessos vendeu dois milhões de exemplares e sua turnê de lançamento durou quase três anos, permitindo a Djavan virar o século no auge do sucesso.

Hugo Sukman

Músicas

  • 1

    Samurai

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars, violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Ai...
    Quanto querer
    Cabe em meu coração

    Ai...
    Me faz sofrer
    Faz que me mata
    E se não mata fere

    Vai...
    Sem me dizer
    Na casa da paixão

    Sai...
    Quando bem quer
    Traz uma praga
    E me afaga a pele

    Crescei, luar
    Pra iluminar as trevas
    Fundas da paixão

    Eu quis lutar
    Contra o poder do amor
    Caí nos pés do vencedor
    Para ser o serviçal
    De um samurai
    Mas eu tô tão feliz!
    Dizem que o amor atrai...

  • 2

    Azul

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars, violão de nylon/nylon guitar, vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: Trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Eu não sei se vem de Deus
    Do céu ficar azul
    Ou virá dos olhos teus
    Essa cor que azuleja o dia?

    Se acaso anoitecer
    Do céu perder o azul
    Entre o mar e o entardecer
    Alga marinha, vá na maresia

    Buscar ali um cheiro de azul
    Essa cor não sai de mim
    Bate e finca pé
    A sangue de rei

    Até o sol nascer amarelinho
    Queimando mansinho
    Cedinho, cedinho, cedinho
    Corre e vá dizer pro meu benzinho
    Um dizer assim:
    O amor é azulzinho

    Até o sol nascer amarelinho
    Queimando mansinho
    Cedinho, cedinho, cedinho
    Corre e vá dizer pro meu benzinho
    Um dizer assim:
    O amor é azulzinho

  • 3

    Meu Bem-Querer

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e violões de nylon/nylon guitars e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Meu bem-querer
    É segredo, é sagrado
    Está sacramentado
    Em meu coração

    Meu bem-querer
    Tem um quê de pecado
    Acariciado pela emoção
    Meu bem-querer, meu encanto
    Tôsofrendo tanto

    Amor
    E o que é o sofrer
    Para mim que estou
    Jurado pra morrer de amor?

  • 4

    Nem Um Dia

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e violões de nylon/nylon guitars e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil:  trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Um dia frio
    Um bom lugar pra ler um livro
    E o pensamento lá em você
    Eu sem você não vivo

    Um dia triste
    Toda fragilidade incide
    E o pensamento lá em você
    E tudo me divide

    Longe da felicidade e todas as suas luzes
    Te desejo como ao ar
    Mais que tudo
    És manhã na natureza das flores

    Mesmo por toda riqueza
    Dos sheiks árabes
    Não te esquecerei um dia
    Nem um dia
    Espero com a força do pensamento
    Recriar a luz que me trará você

    E tudo nascerá mais belo
    O verde faz do azul com o amarelo
    O elo com todas as cores
    Pra enfeitar amores gris

  • 5

    Álibi

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars,violão de aço/steel guitar, violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals

     

    Max Viana:  guitarras/eletric guitars,violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

     

    Letra

    (Djavan)

    Havia mais que um desejo
    A força do beijo
    Por mais que vadia
    Não sacia mais

    Meus olhos lacrimejam teu corpo
    Exposto à mentira do calor da ira
    Do afã de um desejo que não contraíra
    No amor, a tortura está por um triz
    Mas a gente atura e até se mostra feliz

    Quando se tem o álibi
    De ter nascido ávido
    E convivido inválido
    Mesmo sem ter havido

  • 6

    Cigano

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans:  teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Te querer
    Viver mais pra ser exato
    Te seguir
    E poder chegar
    Onde tudo é só meu

    Te encontrar
    Dar a cara pro teu beijo
    Correr atrás de ti
    Feito cigano, cigano, cigano
    Me jogar sem medir

    Viajar
    Entre pernas e delícias
    Conhecer pra notícias dar
    Devassar sua vida
    Resistir
    Ao que pode o pensamento
    Saber chegar no seu melhor
    Momento, momento, momento
    Pra ficar e ficar

    Juntos, dentro, horas
    Tudo ali às claras
    Deixar crescer
    Até romper
    A manhã
    Como o mar está sereno
    Olha lá
    As gaivotas já vão deixar suas ilhas
    Veja o sol
    É demais essa cidade!
    A gente vai ter um dia de calor...

  • 7

    Serrado

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Warner/ Chappell

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

     

    Letra

    (Djavan)

    Se o Senhor me for louvado
    Eu vou voltar pro meu serrado
    Por ali ficou quem temperou
    O meu amor e semeou em mim
    Essa incrível saudade
    Se é por vontade de Deus
    Valei, valei!

    Se pedir a Deus pelo meu prazer
    Não for pecado, vou rezar
    Pra quando eu voltar a rever
    Todas as brincadeiras do passado
    Cortejar meu serrado
    Em dia, feriado
    Viva o cordão azul e encarnado!

    Eu sei, serei feliz de novo
    Meu povo, deixa eu chorar com você
    Serei feliz de novo
    Meu povo, deixa eu chorar com você
    Serei feliz de novo
    Meu povo, deixa eu chorar

  • 8

    Oceano

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan 

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais 

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitar e vocais/vocals 

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals 

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals 

    Carlos Bala: bateria/drums 

    Paulo Calasans: teclados/keyboards 

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals 

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals 

    François de Lima:  trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Assim
    Que o dia amanheceu
    Lá no mar alto da paixão,
    Dava prá ver o tempo ruir
    Cadê você?
    Que solidão!
    Esquecera de mim

    Enfim
    De tudo o que há na terra
    Não há nada em lugar nenhum
    Que vá crescer sem você chegar
    Longe de ti tudo parou
    Ninguém sabe o que eu sofri...

    Amar é um deserto
    E seus temores
    Vida que vai na sela
    Dessas dores
    Não sabe voltar
    Me dá teu calor...

    Vem me fazer feliz
    Porque eu te amo
    Você deságua em mim
    E eu oceano
    E esqueço que amar
    É quase uma dor...

    Só sei
    Viver
    Se for
    Por você!

  • 9

    Açaí

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos:contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima:trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Solidão
    De manhã
    Poeira tomando assento
    Rajada de vento
    Som de assombração
    Coração
    Sangrando toda palavra sã

    A paixão
    Puro afã
    Místico clã de sereia
    Castelo de areia
    Ira de tubarão
    Ilusão
    O sol brilha por si

    Açaí
    Guardiã
    Zum de besouro
    Um imã
    Branca é a tez da manhã

  • 10

    Fato Consumado

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan
    Editora/publisher:  Editora BMG Music

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals
    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals
    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals
    Carlos Bala: bateria/drums
    Paulo Calasans: teclados/keyboards
    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals
    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals
    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Eu quero ver
    Você mandar na razão
    Prá mim não é qualquer notícia que abala o coração

    Se toda hora é hora de dar decisão
    Eu falo agora
    No fundo eu julgo o mundo um fato consumado
    E vou embora

    Não quero mais
    De mais a mais
    Me aprofundar nesta história
    Arreio os meus anseios
    Perco o veio
    E vivo de memória

    Eu quero é viver em paz
    Por favor me beije a boca
    Que louca, que louca

  • 11

    Flor de Lis

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: BMG Music

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals

     

    Max Viana: guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil: trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Valei-me, Deus!
    É o fim do nosso amor
    Perdoa, por favor
    Eu sei que o erro aconteceu
    Mas não sei o que fez
    Tudo mudar de vez
    Onde foi que eu errei?
    Eu só sei que amei,
    Que amei, que amei, que amei

    Será talvez
    Que minha ilusão
    Foi dar meu coração
    Com toda força
    Pra essa moça
    Me fazer feliz
    E o destino não quis
    Me ver como raiz
    De uma flor de lis

    E foi assim que eu vi
    Nosso amor na poeira
    Poeira
    Morto na beleza fria de Maria

    E o meu jardim da vida
    Ressecou, morreu
    Do pé que brotou Maria
    Nem margarida nasceu

    E o meu jardim da vida
    Ressecou, morreu
    Do pé que brotou Maria
    Nem margarida nasceu

  • 12

    Amar é Tudo

    /
    Ficha técnica | Letra
  • Ficha técnica

    Autor/written by: Djavan

     

    Editora/publisher: Luanda Edições Musicais

    João Castilho: guitarras/eletric guitars, violão de aço/steel guitar e violão de nylon/nylon guitars e vocais/vocals

     

    Max Viana:guitarras/eletric guitars, violões de aço/steel guitars e vocais/vocals

     

    André Vasconcellos: contrabaixo/contrabass e vocais/vocals

     

    Carlos Bala: bateria/drums

     

    Paulo Calasans: teclados/keyboards

     

    Marcelo Martins: saxofone/saxophone, flauta/flute e vocais/vocals

     

    Walmir Gil:  trompete/trumpet, flugelhorn e vocais/vocals

     

    François de Lima: trombone/trombone e vocais/vocals

    Letra

    (Djavan)

    Meu amor
    Eu nem sei te dizer quanta dor
    Mesmo a noite não sabia
    O que o amor escondia

    Minha vida
    Que fazer com minha alma perdida
    Foi um raio de ilusão
    Bem no meu coração

    E veio com tudo
    Dissabor e tudo
    Veio com tudo
    Dissabor e tudo

    Eu sei,
    Eu não sei viver sem ela
    Assim, um simples talvez me desespera

    Ninguém pode querer bem sem ralar
    Na há nada o que fazer
    Amar é tudo